Experiências Adversas na Infância

Experiências adversas na infância

 

Experiências Adversas na Infância  – ACE é um evento traumático (ou abuso prolongado), que aconteceu antes da idade de 18 anos.

O estudo Adverse Childhood Experiences (ACE), realizado em San Diego, Califórnia, colocou esta questão a 17.421 adultos com a média de idades de 57 anos e revelou que “existe uma forte relação entre as nossas experiências enquanto crianças e a nossa saúde mental e física enquanto adultos”, e que “as experiências emocionais traumáticas na infância convertem-se em doenças orgânicas mais tarde na vida”. O estudo concluiu que o tempo não é curandeiro, e que não “extingue” este tipo de patologias mais tarde.

Os dados são recolhidos a partir de mais de 17.000 participantes submetidos a exames de saúde regulares que fornecem informações sobre experiências de infância de abuso e negligência. Os resultados mostram que certas experiências são fatores de risco ou causas de várias doenças e problemas de saúde.

Experiências Adversas na Infância é uma colaboração entre os Centros para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e da Saúde Avaliação do Kaiser Permanente Clinic, em San Diego, CA. É a maior análise em curso da correlação entre Maus-tratos na infância e saúde do adulto.

Experiências adversas na infância podem se transformar em eventos traumáticos, com efeitos muito negativos e duradouros para o desenvolvimento infantil. Tais experiências vão desde o abuso físico, emocional ou sexual ao divórcio dos pais ou prisão de um dos pais ou responsável.