Apresentação workshop

Workshop
Traumas de Infância: quando o PASSADO se torna PRESENTE
– a verdade sobre sua infância pode transformar sua vida –

 

Flyer simples trauma

 

O sucesso da prática analítica no atendimento individual, ao identificar os traumas dos primeiros anos de vida, me fez desenvolver esse projeto, inédito no Brasil, com o objetivo de ampliar o número de pessoas beneficiadas por essa técnica de autoconhecimento e de seus efeitos terapêuticos.

O objetivo de meu trabalho é ajudar adultos a identificarem as possíveis causas de suas dores passadas e que ainda se fazem presentes.

Cada um tem dentro de si uma criança de três ou quatro anos e passa a maior parte da vida gritando ou ignorando-a. Ninguém teve uma infância perfeita. Todos nós carregamos questões inconscientes que não foram resolvidas. Sabemos que a maioria das pessoas não receberam atenção adequada quando criança, sendo assim, o resgate da criança interior se torna uma das tarefas mais importantes, pois quando adultos tendemos a nos tratar do mesmo modo com que fomos tratados quando criança.

A compreensão das vivências de infância depois de adultos pode proporcionar novas e importantes descobertas. É necessário reviver a emoção original para entrar em contato com os reais sentimentos e falar sobre eles, pois segundo Alice Miller “não são os traumas da infância que nos tornam emocionalmente doentes, mas a incapacidade de compreendê-los e expressá-los”.

Em termos psicológicos a criança interior é um símbolo que expressa a totalidade psíquica. A criança por si só tende a ser corajosa, ousada, desafiadora, sendo uma de nossas maiores fontes de criatividade e amor. Quando entramos em contato com nossa criança, por mais que nos lembramos da dor que ela sentiu, também resgatamos a alegria que ela sente de viver e crescer, e possa finalmente, ser ela mesma!

A sensação de ter valor – sou uma pessoa de valor – é essencial à saúde mental. O self genuíno é um tesouro que cada um de nós vive para descobrir. Descubra sua verdade pessoal, ela lhe pertence! Essa verdade pode provocar muita dor antes de oferecer uma nova dimensão de liberdade interna. Quando crianças, não tínhamos como nos defender e nem modificar ou entender a realidade, mas agora adultos, podemos.

É importante lembrar que a necessidade desse encontro com a criança interior faz parte da jornada de todo ser humano que está em busca de sua totalidade psíquica. Na realidade, o processo desse reencontro é a busca de si mesmo, de seu self, seu verdadeiro “eu”. Como disse Jung: “A imagem da criança representa a mais poderosa e inelutável ânsia em cada ser humano, ou seja, a ânsia de realizar a si próprio.”

A teoria utilizada por mim é a de Jung (inconsciente, símbolos, arquétipo da criança interior), Ferenczi (conceito de trauma) e Alice Miller (consequências dos abusos sofridos na infância).

Para que participar:

  • entrar em contato com a criança interior
  • identificar necessidades emocionais
  • aprender a cuidar de sua criança interior
  • despertar a criatividade
  • diminuir o estresse
  • identificar repetições de padrões
  • elevar o autoconhecimento
  • elevar autoestima, amor-próprio e confiança
  • recordar
  • transmutar
  • transcender
  • crescer

Dirigido a:
Para quem deseja compreender a importância dos acontecimentos durante a infância e as possíveis consequências no adulto. E principalmente para quem sofreu quando criança: superproteção, abandono afetivo, rejeição, negligência afetiva, abuso físico, psicológico e/ou sexual; enfim, para quem quer descobrir a verdade sobre sua infância. Psicólogos e/ou estudantes, pais, educadores. E acima de tudo, para quem quer elevar seu autoconhecimento.

Local:
O workshop pode ser desenvolvido em local próprio da empresa, hotel, também em outros estados, ou em meu próprio local (SP ou Jundiaí), podendo ainda ser feito durante dois dias úteis ou em finais de semana, de acordo com o interesse.

 

– Veja também: