Livro 1984

Livro 1984

Livro 1984

Já sabemos que o objetivo da mensagem subliminar é controlar a mente humana, com a intenção que façamos aquilo que desejam de nós, sem questionamentos e sem percebermos.

Um exemplo do quanto vivemos isso é o livro 1984, de George Orwell.  Alguns acreditam que Orwell intencionalmente escolheu o título do livro como o reverso do ano em que foi escrito, 1948, para aludir à possibilidade de que os eventos do romance não estariam tão distantes o quanto podiam parecer. Publicado em 1949.

Apesar do autor escrever que é uma ficção política, não precisamos entender muito de política para perceber que de ficção não tem nada. Lamentavelmente, é a nossa própria realidade, e mais atual do que nunca.

Esse livro pode mudar totalmente a percepção que temos do mundo e do sistema do modo que se apresenta. Fez uma diferença enorme em minha vida! Deixei de ter ilusão sobre muitos aspectos, inclusive na política, tendo maior percepção da manipulação em que vivemos.

George Orwell é autor da Revolução dos Bichos, livro muito conhecido, entre outros.

 

1984 George

Em 1989 já havia sido traduzido para mais de 65 idiomas, mais do que qualquer outro romance de um único autor.

Em 2005, a revista Time listou o romance como uma das cem melhores obras de língua inglesa publicadas desde 1923.

 

1984 time

 

O livro conta a história de um funcionário do Ministério da Verdade que descobre que a própria revolta é fomentada pelo Partido no poder.

Mostra as tentativas de um governo em manipular a informação com o propósito de controle total da população, incluindo o pensamento. A manipulação é escancarada, mas quase ninguém percebe.

O Estado controlava o pensamento dos cidadãos, vigiando as pessoas 24 horas por dia por um partido político, entre muitos outros meios, pela manipulação da língua. Para maior efetividade do controle social, o partido mantém órgãos responsáveis por determinados setores, sendo que os ministérios realizam o oposto que seus nomes significam: o Ministério da Paz era responsável na verdade pela guerra, o Ministério do Amor e Polícia do Pensamento pela espionagem e controle da população, o Ministério da Fartura responsável pela fome, o Ministério da Verdade pela mentira. Tudo é invertido, assim como o nome do livro.

 

Os 3 slogans do Partido eram:

“Guerra é Paz”, “Liberdade é Escravidão”, “Ignorância é Força”

Qual a intenção? Provocar o caos!

Será o que estamos vivendo? A Secretaria da Educação, da Saúde, será que cumprem com o papel que deveriam? Trazendo ainda mais para a atualidade, você sabia que o termo Big Brother, associado a reality show, nasceu nas páginas do livro de Orwell?

E mais atual ainda é a presidenta da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, ter criado a Secretaria do Pensamento Nacional, mediante um decreto publicado em 03.06.14. O jornalista Marcelo Longobardi afirmou na Rádio Mitre: “É inevitável que se pense em George Orwell e no famoso romance 1984, no qual criou o Ministério do Pensamento”.

Dizem que o autor escreveu o livro num sentido de urgência, para avisar os seus contemporâneos e as gerações futuras do perigo que corriam.

 

1984 imagem

The people will believe what the media tells them they believe
As pessoas vão acreditar no que a mídia quer que elas acreditam
– George Orwell

 

Como coincidências não existem, o livro é um excelente convite para que as pessoas despertem e passem a refletir o que acontece na realidade, e que afeta diretamente a vida de cada um de nós.

Se quiser, veja a relação do livro 1984 e a atualidade:

Devemos buscar informações do que acontece no mundo que vivemos, para que possamos estar cada vez mais conscientes que podemos sim fazer algo para mudar, não aceitando mais que o poder esteja acima de todos os valores.

Devemos estar conscientes que cada um de nós é um ser único e especial, com um potencial incrível de capacidade e criatividade, e que não podemos viver no “automático” como nosso sistema no condiciona desde muito cedo a sermos, a começar pela nossa “educação” (será que de fato educa? ou nos condiciona e limita?), e assim, somos mais facilmente manipulados. E o pior, sem percebermos de modo consciente, mas nosso inconsciente tudo percebe e registra.

O único modo de não nos tornamos seres “robóticos”, é questionarmos o que o sistema nos impõe como verdade, e para isso o autoconhecimento é fundamental!

 

  • Assistir o filme 1984 – George Orwell (1h:30 minutos)

 

Veja também esse ótimo vídeo que faz uma reflexão sobre nossa realidade!

  • The Lie We Live – A mentira que vivemos (8 minutos)

 

 

 

Frase governoLamentável!

Sem Comentários

Deixe seu Comentário

18 − 15 =